Edições Passadas

Histórico

grupo-wa-no-kai

A primeira edição do Festival do Japão do RS ocorreu em 2012, por iniciativa da Associação da Cultura Japonesa de Porto Alegre. Desde então, o evento vem ganhando cada vez mais adeptos, fortalecendo a cultura japonesa no Estado.

Com o apoio da Brigada Militar do Estado do Rio Grande do Sul, o Festival do Japão do RS teve lugar, desde a sua primeira edição, no espaço da Academia de Polícia Militar, localizada na Av. Coronel Aparício Borges, 2001, em Porto Alegre.

A cada ano é escolhido um tema para nortear o evento, tanto para fins de renovação de informação cultural, como para direcionar as atividades, em especial a decoração de todo o espaço.

Os preparativos do Festival ficam a cargo da Comissão Organizadora do Festival do Japão do RS, formada por membros voluntários identificados com os objetivos do festival, que têm a tarefa de planejar e organizar o evento.

São convidados artistas de outros estados como forma de intercâmbio, para se apresentarem como atração no palco. É realizada divulgação do evento na mídia (jornais, rádios, TV), nas redes sociais, e através de panfletos, folders e cartazes.

Os resultados obtidos foram surpreendentes, não só pelo público que compareceu no primeiro festival, de 15 mil pessoas, e que quase dobrou na segunda edição, para 28 mil pessoas, mas também pela crescente receptividade e curiosidade do público gaúcho pela cultura japonesa, constatada pela repercussão na mídia.

5º Festival do Japão do RS

O evento na sua mais recente edição apresentou a temática comemorativa de sessenta anos da imigração japonesa no Rio Grande do Sul. O Festival do Japão mais uma vez foi realizado na cidade de Porto Alegre no estado do Rio Grande do Sul divulgou a cultura japonesa a população e sua contribuição ao estado dentro da prática da interculturalidade. Apresentamos uma exposição rica em detalhes com depoimentos dos primeiros imigrantes ao sul do país, acervo com ilustrações e objetos referentes à época e o seu histórico. As atividades apresentadas no evento se apoiam em manifestações artísticas típicas japonesas com músicas, artes marciais, danças e demonstrações culturais japonesas. Contamos com praça de alimentação local apropriado para saborear pratos japoneses em um ambiente que tudo inspira e remete a terra do sol nascente. O público mais uma vez se fez presente prestigiando o evento é com um número aproximado de setenta mil frequentadores nos dois dias de evento. Contamos com a exposição de artes manuais como origamis, ikebanas, sumiê, shodô. Realizamos sessões para o público com demonstração do ritual milenar da cerimônia do chá com a beleza servir e beber o “matcha”, um chá verde pulverizado. diversas atividades que complementam e traduzem a cultura japonesa.

4º Festival do Japão do RS

FJRS-2015-300x107O 4º Festival do Japão do RS foi uma realização das seguintes entidades: Associação Festival do Japão do RS, Associação da Cultura Japonesa de Porto Alegre – ACJ, Enkyo – Associação de Assistência Nipo-brasileira do Sul, Câmara do Comércio e da Indústria Japonesa do RS, Seinenkai de Porto Alegre – Grupo de Jovens e Fujinkai (Grupo de Senhoras Japonesas de Porto Alegre).

o-festival-home-750x350O festival contou com o apoio de: Brigada Militar do RS; Governo do Estado do Rio Grande do Sul; Prefeitura Municipal de Porto Alegre; Escritório Consular do Japão em Porto Alegre; Provincia de Shiga, Estado Irmão do Rio Grande do Sul; Cidade de Kanazawa, cidade irmã de Porto Alegre; e JICA. E com a colaboração especial da Prefeitura Municipal de Ivoti/RS, da Prefeitura Municipal de Cachoeirinha/RS e da Associação Literária Nikkei Bungaku de SP.

meninas - dupla de cantorasMais uma vez, como nas edições anteriores, o festival ocorreu em parceria com o ANIME BUZZ, evento de anime e cultura pop japonesa.

120_anos_amizade_brasil_japao-270x197Nessa edição, o Festival homenageou os 120 Anos da assinatura do Tratado de Amizade de Comércio e de Navegação entre Brasil e Japão. O documento marcou o início das relações diplomáticas entre os dois países. A vinda ao Brasil de milhares de japoneses por meio da imigração fortificou os laços de amizade entre os dois povos. Com o decorrer do tempo, as parcerias e cooperações se estenderam para quase todas as áreas, como da indústria, agricultura, economia, tecnologia, cultura, ensino, saúde, esportes, etc, gerando benefícios para ambas as nações.

meninas - dupla de cantorasComo nas edições anteriores, o 4º Festival do Japão RS marcou pelas inúmeras atividades culturais apresentadas, como a tradicional Cerimônia do Chá com degustação. Realizaram-se diversas Exposições: sobre os 120 anos do Tratado de Amizade entre Brasil e Japão; de peças do Consulado Japonês, de Shiga (Província irmã do Estado do Rio Grande do Sul) e de Kanazawa (Cidade irmã de Porto Alegre); de sumiê (técnica de pintura); sobre Poesia Japonesa; de bonsai (cultivo de árvore em vaso); de kimonos (vestimenta típica); de ikebana (arranjo floral); de origami (dobradura de papel); e de shodô (Caligrafia Japonesa). Foram oferecidas oficinas de: sumiê; ikebana; origami; e bonsai. Junto à exposição de kimonos, o público teve a oportunidade de vestir kimonos e tirar fotos.

Cantora Mariko Nakahira

Cantora Mariko Nakahira

A programação do Palco apresentou, como nos anos anteriores, atrações musicais, de canto, de dança e taiko, além de artes marciais. Como convidados especiais, apresentaram-se a cantora japonesa Mariko Nakahira, o Grupo Kaito Shamidaiko de Taubaté/SP, e o grupo Requios Geino Dokosai Eisa Taiko, de São Paulo/SP. Destaca-se, ainda, a participação do Coral da Pontifícia Universidade Católica do RS e do cantor Zenkyu Ogawa, do Japão.

O festival, como nas edições anteriores, contou com as diversas bancas de artesanato, produtos típicos orientais, flores, brinquedos, etc.
A tradicional Praça da Alimentação contou com as delícias da culinária japonesa e também da brasileira para o público saborear.
Nesse ano houve, mais uma vez, a participação da Feira da Colônia Japonesa de Ivoti, que ofereceu uma variedade de produtos típicos da região, artesanato e alimentos.

3º Festival do Japão do RS

FJRS-apresentacao-642x197Como na 2ª edição do evento, as entidades realizadoras do 3º Festival do Japão do RS foram: Associação da Cultura Japonesa de Porto Alegre – ACJ, Enkyo – Associação de Assistência Nipo-brasileira do Sul, Câmara do Comércio e da Indústria Japonesa do RS, Fujinkai de Porto Alegre – Associação das Senhoras e Seinenkai de Porto Alegre – Grupo de Jovens. O evento contou com o apoio da Brigada Militar do RS, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Escritório Consular do Japão em Porto Alegre e Provincia de Shiga, Estado Irmão do Rio Grande do Sul.

Como nas edições anteriores, o 3º Festival do Japão do RS se realizou em parceria com o ANIME BUZZ, evento de anime e de cultura pop japonesa.

Nesse ano, o tema do Festival homenageou a gastronomia japonesa, que tem, a cada dia, mais adeptos, não só pela beleza da apresentação dos pratos, mas também pelo seu sabor e por ser considerada uma culinária que promove a alimentação saudável. Recentemente, em 04/12/2013, a tradicional culinária japonesa denominada washoku foi adicionada à lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Repetindo os festivais dos anos anteriores, a terceira edição apresentou farta atividade cultural. Além das tradicionais exposições de origami, de ikebana, de shodô, e de peças de artesanato vindos do Japão, ocorreram oficinas de origami, ikebana e furoshiki. Houve exposição interativa de katazome, uma técnica de tingimento. Relacionada ao tema, o festival mostrou uma exposição de pratos da culinária japonesa e ofereceu oficina de sushi. No miniauditório o público pôde participar da Cerimônia do Chá.

No palco, o público assistiu a numerosas apresentações artísticas de canto, dança e taiko e a apresentações de artes marciais. Entre os convidados especiais, abrilhantaram o festival dessa edição, a famosa cantora japonesa Mariko Nakahira, que a cada ano atrai maior número de fãs, o Grupo Kaito Shamidaiko, da cidade de Taubaté, SP, Grupo Wa No Kai, de São Paulo, e a senhora Seo Akemi, que veio da cidade de Kanazawa, cidade irmã de Porto Alegre no Japão, com a missão de intensificar intercâmbio entre estas duas cidades. Seo Akemi apresentou danças que caracterizam o folclore japonês.

Na praça da alimentação, o público degustou variados pratos da gastronomia japonesa.

Nessa edição, tivemos a participação da Feira da colônia japonesa de Ivoti, que ofereceu produtos da região, contando com o apoio da Prefeitura Municipal de Ivoti.

2º Festival do Japão do RS

FJRS-Movimento-2013Na segunda edição do Festival do Japão do RS, no ano de 2013, as entidades e associações realizadoras foram: Associação da Cultura Japonesa de Porto Alegre – ACJ, Associação de Assistência Nipo-brasileira do Sul – Enkyo, Câmara do Comércio e Indústria Japonesa do RS, Fujinkai de Porto Alegre (Associação das Senhoras Japonesas) e Seinenkai de Porto Alegre (Grupo de Jovens).

Na segunda edição, foi mantida a bem sucedida parceria com o evento Anime Buzz.

Festival do Japão RS

Tsuru

O tema do 2º Festival foi o pássaro Tsuru, grandemente reproduzido em dobradura de papel (origami). O tsuru é considerado o pássaro possuidor de vida longa no Japão. Simboliza a juventude e a longevidade. Traz paz e felicidade, sendo considerada a ave da sorte.

O Festival, no ano de 2013, recebeu o apoio, além da Brigada Militar do RS, do Escritório Consular do Japão em Porto Alegre, da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Secretaria da Cultura do Município, da Província de Shiga, da Cidade de Kanazawa, do Japão, e da JICA. Houve, ainda, a participação de entidades de ensino como a UFRGS e PUC, que realizaram palestras e oficinas. Mais uma vez diversas empresas colaboraram patrocinando o evento.

No Festival do Japão do RS de 2013 o público visitante pode ver de perto a prática do origami (dobradura), do ikebana (confecção de arranjos de flores naturais), do shodô (caligrafia); viu exposições de telas de sumie (pintura em carvão), artesanatos, armaduras e espadas, bonsai, biombos e lanternas japonesas. No palco do auditório as apresentações artísticas e shows de música, de dança, demonstrações de artes marciais, apresentações de taikô (tambor japonês), desfile de kimonos, foram muito apreciadas. Foram realizadas palestras, workshops, degustação de chá tradicional, atividades lúdicas para crianças, homenagem aos idosos, degustação de alimentos da culinária japonesa e exposição de produtos e artesanato típicos, entre outras atividades.

Como atrações especiais, apresentaram-se no palco o Grupo Kaito Shamidaiko de São Paulo e, mais uma vez a cantora japonesa Mariko Nakahira abrilhantou o evento, repetindo o sucesso do ano anterior.

No segundo ano do Festival, o público presente foi de cerca de 28 mil pessoas, lotando as dependências da Academia de Polícia Militar.

1º Festival do Japão do RS

FJRS-Movimento-2012Em 2012, a Associação da Cultura Japonesa de Porto Alegre – ACJ, foi a entidade pioneira na realização do evento, e convidou outras instituições e associações para participarem da sua organização.

Participaram a Associação de Assistência Nipo-brasileira do Sul, Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do RS, Seinenkai de Porto Alegre, Associação Feminina de Porto Alegre e Grupo de Idosos Japoneses.

O Festival contou, ainda, com a importante parceria do evento Anime Buzz no Ginásio de Esportes da Academia de Polícia Militar. Teve o apoio da Brigada Militar do RS e do Escritório Consular do Japão em Porto Alegre e contou com o patrocínio de diversas empresas de Porto Alegre.

O tema do 1º Festival do Japão foi: “Fortalecer os laços entre Japão e Brasil no Sul”.

O evento contou com diversas atrações, como apresentações artísticas, de música e dança, artes marciais, exposições, gastronomia típica, artesanato, oficinas, palestras, cerimônia de chá, jardim japonês, etc. Como convidados especiais, apresentaram-se, vindo de São Paulo, o Grupo de dança de Okinawa (por intermédio da Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil – KENREN) e o grupo de Taikô Fuurinkazan Wadaiko de Ponta Grossa-PR. A cantora japonesa Mariko Nakahira abrilhantou o Festival e emocionou a todos com sua voz e simpatia.

Naquele ano, o público que visitou o Festival do Japão do RS foi em torno de 15 mil pessoas durante os dois dias.